3 erros comuns que as empresas cometem no início do ano

Tempo de Leitura: 3 minutos
0
(0)

Saiba como se antecipar e evitar erros prejudiciais ao andamento da sua empresa ao longo do ano 

Uma coisa é certa: quando começa um novo ano, a tendência é estarmos mais animados, com grandes expectativas e vontade de fazer acontecer. E quando se trata de uma empresa, esse sentimento não é diferente. Entretanto, é também nesse período que nos deparamos com um cenário de incertezas – tanto no âmbito político, quanto econômico. Assim, é fundamental que a empresa se prepare a fim de evitar erros que possam comprometer seu andamento no restante do ano. 

A saber, uma das maneiras de evitar e até prever esses erros é fazer um planejamento empresarial. Além de estruturar o crescimento da empresa, ele ajuda na previsão de erros que, uma vez conhecidos, podem ser facilmente evitados. Pensando nisso, produzimos um material totalmente focado nos principais erros que as empresas cometem no início do ano e algumas medidas que podem ser tomadas para evitá-los. Vamos nessa?

Como fazer um bom planejamento empresarial?

Sem dúvidas, um bom planejamento empresarial vai depender de uma série de fatores. Mas, antes de mais nada, é fundamental começar com um pensamento de produtividade e faturamento altos. E para alcançar esses objetivos, um bom planejamento e esforço da equipe são fundamentais. Tenha sempre isso em mente. 

Dessa forma, na hora de realizar o planejamento empresarial, três premissas devem ser seguidas. São elas: o quê, quando e como fazer. Quando se encontram falhas em uma dessas premissas, o processo é comprometido. Portanto, é imprescindível que haja uma organização das ideias de maneira simples e objetiva para compartilhar com o time da empresa. Caso contrário, você corre o risco de se deparar com diversos erros ao longo do percurso. 

Não analisar os resultados do ano anterior

O primeiro desses erros. Não adianta começar do zero e tentar deixar os erros para trás. Afinal, eles serão fundamentais para a continuação da trajetória de uma empresa, servindo de base para a construção do próximo planejamento. Em outras palavras, se uma empresa não leva em consideração o impacto dos resultados das ações anteriores, aumentam as chances de cometer os mesmos erros novamente. 

Assim, devem ser analisados os seguintes aspectos relativos ao ano anterior: faturamento da empresa, volume de vendas, desempenho da equipe, comportamento do cliente e número de consumidores fiéis. Com isso, você conseguirá entender o que pode e o que não pode ser melhorado e, a partir desses dados, construir um planejamento mais assertivo. 

Deixar as metas SMART de lado 

Outro erro muito grave. Afinal, como uma empresa pode colocar algo em prática se não tem metas estabelecidas? Não definir um objetivo é como dar um tiro no escuro, e ainda desperdiça o tempo e esforço da equipe. 

Portanto, é importante ter em mente as metas SMART: 

S – específica;

M – mensurável;

A – atingível;

R – relevante;

T– temporal.

Com esse método, você consegue definir metas claras e atingíveis, além de expor de forma simples para a equipe o que foi pensado para a empresa e como conseguirão atingir os objetivos. 

E lembre-se: nada disso adiantará se você não avaliar a eficiência de uma meta ao fim de um período. O ideal é que os resultados estejam de acordo com as expectativas traçadas no início de tudo. 

Não considerar as variáveis externas

Certamente, algumas pessoas não tem ideia do impacto que essas variáveis têm em um negócio. Mudanças no cenário econômico, no comportamento do consumidor e nas tendências de mercado devem ser analisadas da maneira mais cuidadosa possível. 

É dessa forma que poderá ser criado um plano de contingência capaz de minimizar os danos em momentos de emergência. Ter em mente que imprevistos podem acontecer, trabalhando com foco em prevenção, é uma característica indispensável na equipe responsável pela gestão da empresa.  

Assim, esses foram os três principais erros com os quais as empresas se deparam no começo de um novo ano. Claro que existem muitos outros, mas um bom planejamento empresarial, com metas claras e bem definidas, pode trazer resultados surpreendentes e minimizar falhas. Não pense duas vezes antes de incluí-lo em seu plano de negócios.  

Leia também:

 A importância do feedback para o desenvolvimento de uma empresa

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =

Posts recentes

Categorias

Entre em contato

Caso você queira se candidatar a fazer parte da Equipe R&D, preencha o formulário nesta página. Assim sua mensagem chegará no lugar certo, direto no nosso RH. Boa sorte!







    Conecte-se

    Assine a nossa newsletter

    Assine a nossa newsletter e fique por dentro do mundo do marketing digital

    Conecte-se

    Siga as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades